3 de março de 2011

Paralisia do sono e sonho lúcido

É possível utilizar a paralisia do sono para experimentar um sonho lúcido; os monges tibetanos fazem isso há milhares de anos! Nos sonhos lúcidos estamos conscientes de que estamos a sonhar, sendo que os mesmos já foram comprovados por a ciência como sendo válidos (como ainda faltam algumas informações sobre os seus mecanismos, podem ser classificados, por enquanto, como uma protociência).

Da próxima vez que experimentar a paralisia do sono, tente manter-se calmo, lembre-se que a sensação de medo é provocada por a amígdala (a parte do cérebro responsável pela emoção primária do medo), e que tudo o que vê e ouve são apenas alucinações criadas pela sua mente. Não tente mexer-se, esteja calmo e simplesmente visualize (através da sugestão) você a levantar-se da cama. Imediatamente o medo vai desaparecer, você vai levantar-se e, ao olhar para a cama, vai ver que ainda está deitado! Não se assuste porque está a ter um sonho lúcido. Não é o seu espírito que está a sair do corpo, mas é apenas uma alucinação sua: na realidade, você está deitado na cama a sonhar.

Depois de sair da cama, saia de casa e faça o que quiser, porque está a sonhar. Não se esqueça de confirmar que está mesmo a sonhar antes de sair de casa, bastando para isso olhar para uma das suas mãos: nos sonhos as nossas mãos têm sempre mais de 5 dedos ou outras características bizarras e, se as suas mãos estiveram estranhas, então é porque está a sonhar.

O mais difícil é ficar calmo durante a paralisia, mas não perde nada em tentar; se eu consigo, você também consegue.

1 comentário:

  1. poxa.. esse negocio das mãos deve assustar e fazer acordar quem é inexperiente.. eu ao ver minha mão bizarra assim ia me borrar de medo!

    ResponderEliminar