3 de dezembro de 2014

Paralisia do Sono no Facebook

Criei uma página no Facebook para a troca de informações entre pessoas que sofrem de paralisia do sono. Clique aqui para aceder a essa página.

2 de dezembro de 2014

Como induzir a paralisia do sono (VI)

A técnica de indução da paralisia do sono que vou ensinar neste post é principalmente uma poderosa técnica de meditação, pelo que se o leitor não conseguir com ela induzir a paralisia vai, pelo menos, obter uma paz e um relaxamento enormes. A técnica chama-se Yoga Nidra e com ela pretende-se acessar o sono profundo mantendo a consciência desperta.

Deite-se com o peito para cima e com as pernas e os braços ligeiramente afastados do corpo. Tente estar confortável e depois não se mexa mais. É muito importante manter uma imobilidade total. Concentre-se na sua respiração, não tente respirar conscientemente mas apenas observe a respiração. Ignore todos os pensamentos que possa ter, deixe-os simplesmente passar. Fique atento à respiração por uns minutos e depois comece a concentrar a sua atenção da respiração para cada parte do seu corpo. Concentre-se nos seus pés, depois pernas, depois tronco e depois cabeça, tudo separadamente. Mantenha a sua atenção por um minuto em cada parte do seu corpo. Depois sinta uma onda de energia a percorrer o seu corpo, dos pés à cabeça e depois da cabeça aos pés, assim sucessivamente. Depois, sinta o seu corpo como um todo. É essencial que ignore os pensamentos durante todo o processo. Você vai então sentir, mais minuto menos minuto, o seu corpo a ficar pesado, um formigueiro ou uma vibração. Está então instalada a paralisia do sono.

Se quiser pode continuar a observar o seu corpo e a sua mente até entrar nos sonhos lúcidos e depois até entrar no objetivo do Yoga Nidra, o sono profundo. Manter a atenção bem desperta durante todo o processo cria um relaxamento enorme, capaz até de curar doenças, desde que esta meditação seja praticada diariamente.

1 de dezembro de 2014

Mundo dos sonhos na realidade

Durante os episódios de paralisia do sono, temos acesso ao mundo dos sonhos em plena realidade. São momentos importantes e únicos para desenvolvermos a nossa mente. Os monges tibetanos costumam induzir a paralisia do sono, para treinarem o seu estoicismo perante as flutuações das sensações e dos pensamentos. Perante as imagens oníricas que acontecem quando estamos paralisados, devemos, para o nosso bem, aprender a ignorar o medo como também o espanto. A serenidade absoluta é a chave para enfrentar a paralisia do sono.

2 de agosto de 2014

Novo Site Sobre a Paralisia do Sono

O meu amigo Emerson Elias criou um novo site dedicado à paralisia do sono e também aos sonhos lúcidos. Clique aqui para aceder a esse novo espaço virtual. O Emerson também tem uma página sobre esses temas que tanto adoramos no Facebook (clique aqui para aceder a essa página).

O Emerson é uma das pessoas que mais sabe sobre a paralisia do sono. Tem vindo nos últimos anos a partilhar na Internet os seus profundos conhecimentos sobre o assunto. Ele nasceu em Belém (Pará, Brasil), tem 25 anos e é universitário.

20 de junho de 2014

Atado ao Metal


Na cultura japonesa existe o conceito de atado ao metal para descrever a paralisia do sono. Este conceito descreve a imobilidade física que acontece durante um episódio deste distúrbio do sono. A vítima sente-se presa ou colada à cama, como se o seu corpo e a cama se tornassem um só. Este sintoma é o mais relatado pelas pessoas que sofrem de paralisia do sono, e é também o mais lógico. A imobilidade física é encarada como um peso no peito, como se alguém ou alguma coisa nos empurrasse contra a cama. Subitamente sentimos como se o nosso corpo pesasse toneladas. Mas esta é uma sensação normal, deve-se à imobilidade muscular.

Quando isto me acontece sei que a paralisia do sono está instalada. Nesses momentos consigo manter a calma, dada a enorme experiência que tenho com este distúrbio do sono. Sentir esse peso no peito e manter a calma é um importante passo para dominar o medo da paralisia do sono. Se a pessoa afetada souber ultrapassar esse medo, consegue ter um sonho lúcido. Basta evitar a tentativa inconsciente de se mover, manter a imobilidade e imaginar um cenário tridimensional. Passados uns segundos conseguimos ver-nos nesse ambiente tridimensional e esse é o acesso mais fácil para se ter um sonho lúcido.