Paralisia do Sono

Tudo sobre a Paralisia do Sono

Bağlantılar

30 de março de 2015


Paralisia do Sono - Relatos


Se o leitor quiser partilhar com a comunidade a sua experiência com a paralisia do sono, envie o seu relato, juntamente com o seu primeiro e último nome como comentário a este post.

Após o comentário será publicado no blogue no espaço de dez dias. Obrigado!


Relato de Rui Santos


Normalmente nos meus episódios de paralisia do sono sofro sempre de visões assustadoras. Vejo vultos aos pés da minha cama que sempre sobem e sentam sobre o meu peito. Pelo que li em outros relatos o meu caso é bastante comum. Fico paralisado sempre só por alguns segundos, mas é o suficiente para os episódios serem sempre maus. Acho que os vultos são sempre os mesmos. Eles estão sempre presentes quando tenho paralisia do sono.

Já procurei curar a paralisia com bruxas e médicos, mas nem as bruxas nem os médicos resolvem o meu caso. Só rezando é que a paralisia do sono passa. Acho que é mesmo porque eu rezo muito que os meus episódios só duram poucos segundos.

24 de março de 2015


A paralisia do sono e os raptos por alienígenas


"Embora não seja bastante conhecida, uma síndrome psicológica comum, um tanto parecida com o rapto por alienígenas, é a chamada paralisia do sono. Muitas pessoas a experimentam. Acontece naquele mundo crepuscular que fica entre o estar plenamente acordado e o totalmente adormecido. Por alguns minutos, talvez mais do que isso, a pessoa fica imóvel e agudamente ansiosa. Sente um peso sobre o peito, como se um ser ali estivesse sentado ou deitado. A batida do coração é rápida, a respiração penosa. Pode-se passar por alucinações auditivas ou visuais  de pessoas, demônios, fantasmas, animais ou pássaros. No ambiente adequado, a experiência pode ter "toda a força e todo o impacto da realidade", segundo Robert Baker, psicólogo da Universidade de Kentucky. Às vezes há um componente sexual marcante na alucinação. Baker afirma que esses distúrbios comuns do sono estão por trás de um grande número, se não da maioria, dos relatos de raptos por alienígenas."

in O Mundo Assombrado pelos Demónios, de Carl Sagan

16 de março de 2015


A paralisia do sono mata?


A paralisia do sono é relativamente inofensiva. Quando ocorre o corpo sabe rapidamente que já acordou e após alguns segundos ou poucos minutos desativa a atonia muscular (paralisia). Essa atonia muscular serve para evitar que nos magoemos durante os sonhos. Durante a paralisia ocorrem algumas alucinações, mas pertencem totalmente ao sono REM, não são de modo algum reais e por isso são completamente inofensivas. Sendo assim, a paralisia do sono não mata e simplesmente não pode matar. O que pode acontecer é que o medo provocado pelas alucinações pode provocar um ataque cardíaco, mas não tenho conhecimento de que isso alguma vez tenha acontecido com alguém e acredito que caso tenha acontecido não se pode saber. A morte durante um episódio de paralisia do sono ficaria registada como uma morte por ataque cardíaco e seria difícil para um médico admitir que as duas situações estariam ligadas pela causalidade.


Relato de Deolinda Antunes


Uma noite acordei e não me conseguia mexer. Pelo canto do olho reparei que o meu marido abanava a cabeça de um lado para o outro rapidamente. A cabeça dele batia no meu ombro e no outro lado da cama várias vezes por segundo. Senti algo a bater debaixo da cama, como se estivesse a tentar furar o fundo da cama e o colchão. Fiquei desesperada. Pensei que eu e o meu marido íamos morrer. Finalmente tudo parou. Acordei o meu marido e ele disse que não sentiu nada e que eu apenas estava a sonhar. Mas pareceu-me muito real.

De vez em quando continuo a ter episódios deste tipo. Já consultei um médico e ele receitou-me Rivotril para dormir melhor. Mas com esse medicamento fico muito apática durante o dia. Deixei de o tomar e por isso a paralisia do sono voltou. Tenho duas ou três vezes por semana episódios de paralisia do sono. Alguém conhece um medicamento melhor para parar a paralisia do sono?

Estamos no Facebook