21 de setembro de 2011

Relato de Manuel Antão

A paralisia do sono tornou-se comum na minha vida após alguns problemas em 2003 que me provocaram bastante ansiedade. Até então nunca tinha passado por experiências estranhas durante o sono. A partir de 2003, a paralisia do sono acontece-me pelo menos umas cinco vezes por mês e já vi e ouvi, durante estes episódios, coisas muito estranhas.

Vivo sozinho, mas já me aconteceu acordar paralisado e ouvir tachos a bater na minha cozinha e passos perto da porta do meu quarto. Quando me consigo mexer finalmente, saio do quarto, nos dias em que tenho coragem para isso, mas tudo está normal na casa. Há uns meses acordei e ouvi pessoas a conversar na minha sala, e pensei que eram ladrões, mas quando me tentei levantar algo me empurrava contra a cama.

Cheguei a pensar que a minha casa está assombrada, mas estas coisas bizarras só acontecem quando acordo paralisado. Não sei se fico paralisado por causa das assombrações ou se é a paralisia que as provoca. Há umas semanas fui ao médico e ele receitou-me Rivotril. Desde que tomo este medicamento, não aconteceu mais nada de estranho e agora durmo muito bem. Espero que o terror tenha por fim terminado.

Agora penso que muitas das histórias de fantasmas são provocadas por esta condição. Imagino quantas pessoas foram queimadas vivas durante o tempo da Inquisição devido a outras terem tomado as alucinações como bruxaria e culparem inocentes por isso!

1 comentário:

  1. Cara, é completamente normal os efeitos alucinógenos em uma paralisia do sono, ou como é chamado cientificamente, alucinações hipnagógicas.Anormal, no entanto, é esta medicina atual, não só brasileira como mundial, que acredita que o ser humano se resolve sob a influencia de remédios. Deveria ser considerado um crime um médico te receitar Rivotril, por conta de paralisia do sono. É nítido o tamanho da desinformação deste "doutor". Manuel, farmácias não são chamadas de drogarias por acaso. Remédios são drogas, que trazem efeitos físicos e psíquicos que não são naturais ao seu corpo, por isso sempre evite ao máximo. Está com gripe, deixa passar, febre, vai tomar banho, resolva com chás as coisas , etc.

    ResponderEliminar