15 de novembro de 2011

Paralisia do Sono

A paralisia do sono ocorre no período de transição sono-vigília e representa a persistência da atonia do sono REM na vigília, ocorrendo em até 33% da população geral. Durante o evento o indivíduo apresenta uma incapacidade de se movimentar ou falar.

A maioria das pessoas acometidas refere a paralisia do sono como um evento assustador, pois frequentemente experimentam uma sensação de sufocamento e sensação de medo, como se estivesse sendo ameaçada por alguém. Em alguns casos ocorrem alucinações visuais e auditivas que só melhoram com o fim do evento. Esses episódios duram poucos minutos e seu final pode ser desencadeado por estímulo táctil ou um som que acaba por despertar o indivíduo. São muitas vezes confundidos com eventos de origem espiritual ou de contatos com seres extraterrestres.

Esses episódios podem ocorrer após privação do sono, horários de sono irregulares, ingestão de álcool, consumo de drogas alucinogénicas e mais frequentemente em pacientes narcolépticos.

Sem comentários:

Enviar um comentário